quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Avalie o seu nível de estresse

Imagem: WEB

É importante sempre procurarmos corrigir erros cometidos no nosso modo de vida, principalmente, se eles colocam em risco a nossa saúde. Abaixo um serviço de utilidade pública: extraído da Revista Escola, edição nº. 132, eis um teste para nos autoavaliarmos, quanto ao nível de estresse, e tomarmos as medidas necessárias para termos um ano letivo bem mais leve e tranquilo.

Atribua um dos seguintes números a cada uma das frases abaixo:

1 – Sempre
2 – Com frequência
3 – Às vezes, raramente
4 – Nunca

۝ Sinto-me sobrecarregado com minhas tarefas na escola e em casa.
۝ Não me desligo enquanto não termino meu planejamento ou a correção das provas.
۝ Não gosto de trabalhar com outros professores, pois eles nunca fazem como eu quero.
۝ Mesmo fora da classe, sinto-me incomodado se não estou fazendo nada ligado à escola.
۝ Fico irritado com atrasos de alunos ou colegas de trabalho.
۝ Faço tudo o que a direção ou a coordenação me pedem, pois não sei dizer não.
۝ Acho que vou estourar por causa da pressão de alunos, pais, colegas e diretores.
۝ Demoro a pegar no sono, pois fico preocupado com minhas turmas.
۝ Sinto-me sempre cansado, mesmo ao acordar.
۝ Gostaria que o dia fosse mais longo para melhorar meu trabalho.
۝ Faço várias coisas ao mesmo tempo.
۝ Não consigo esquecer as atividades da escola – nem em casa nem nas férias.
۝ Sinto-me inquieto quando preciso aguardar reuniões com a diretoria ou com os pais.
۝ Todos dizem que estou sempre com muita pressa.
۝Gosto de aproveitar feriados para fazer a correção de provas ou preparar aulas.


۝ Total de pontos

Some os pontos e descubra seu grau de estresse.

15 a 30 – alto. É importante identificar as causas da tensão.
31 a 45 – médio. Aproveite para repensar seu modo de vida.
46 a 60 – baixo. Envolva-se no trabalho sem se abalar pelas pressões.

Postado por Josselene Marques

Nenhum comentário: